• Seguro de Saúde Low Cost

    A seguradora low cost do Grupo Tranquilidade, a Logo, vai entrar no mercado dos seguros de saúde. Com o lançamento de um plano de seguros de saúde, esta empresa vai lançar o primeiro seguro de saúde low cost em Portugal. Este seguro funcionará apenas na rede de prestadores de serviço da Advancecare. Esta iniciativa vem no seguimento dos desejos de alargamento e diversificação de oferta da seguradora Logo, que identificando a saúde como um bem essencial, resolveu estar presente também neste segmento. A companhia de seguros está apostada em rentabilizar a sua carteira de clientes, conseguidos em poucos anos de actividade no mercado português. Daí que além do seguro automóvel já tenha o seguro de casa e agora vá lançar o seguro de saúde. Os 100 000 clientes da empresa serão certamente uma boa base de partida. A Logo Seguros estabeleceu como objectivo atingir uma penetração no mercado de 10% a 15% nos três próximos anos. O seguro de saúde da Logo será constituído por seis módulos diferenciados. Os módulos deste seguro de saúde low cost são: Internamento; Complemento de internamento; Dentista; Oftalmologia; Bem-estar e o Médico em casa. Este último, médico em casa, pode aparecer associado a cada um […]

     
  • Como escolher um seguro de saúde?

    Neste artigo seleccionamos passo a passo o que deve fazer para escolher o melhor seguro de saúde. Para os Portugueses, a subscrição de um seguro de saúde, prende-se na maior parte dos casos como um complemento ao sistema de saúde público, pesando também o facto de que normalmente se beneficia também de melhores condições de assistência. Actualmente a oferta é vasta e nem todas as opções têm interesse. 1. Necessidades: Antes de escolher o plano de saúde que mais lhe convém, analise quanto gasta regularmente em saúde. Já tem filhos? Está a pensar engravidar? Quando? Qual o orçamento que possui? 2. Pagamento: o valor do seguro poderá ser pago mensalmente, trimestralmente, semestralmente ou mesmo anualmente. A forma de pagamento é estipulada na altura de subscrição do seguro. Analise as diferenças de preço entre cada modalidade e escolha a que mais lhe convém. 3. Descontos: A maioria das seguradoras costuma aplicar um desconto pela inclusão do agregado familiar no seguro, diminuindo o montante do prémio. A desvantagem é que o seguro terá que ser igual para todos, o que nem sempre é o ideal quando há necessidades diferentes, mesmo por causa da idade. Subscrever o seguro numa seguradora onde já tenha […]

     
  • Cuidado com os abusos e ilegalidades dos seguros de saúde

    Foram recentemente denunciados pela Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO), vários excessos perpetrados pelas seguradoras nas suas apólices de saúde. Segundo aquela entidade, os clientes não estão a ser devidamente protegidos pela Legislação nacional, que ignora os exageros praticados por aquelas empresas. De acordo com um dos últimos estudos elaborados pela DECO, há uma “falta de transparência” na maioria dos contratos de seguros de saúde, que afectam gravemente os contratantes. No lote das exigências em demasia estão as cláusulas abusivas, períodos de carência e exclusões, factores que suportam as acérrimas críticas da DECO, que admite levar a questão a tribunal, uma atitude que conta já com o apoio do Governo, que admite vir a criar uma nova lei para travar os abusos das seguradoras. Um dos exemplos mais significativos do poder que exercem as entidades de seguros de saúde é o negar da assistência médica nos primeiros três ou mais meses do contrato, o que na prática significa que se paga por um serviço que não se tem, algo que é imoral, mas legal, e por isso aproveitado pelas seguradoras. Estas entidades justificam a aplicação daquela medida para “eliminar” as pessoas que já necessitam de cuidados de saúde […]

     
  • Conselhos para a escolha do Seguro de Saúde

    O melhor seguro de saúde não existe! Cada um pode ser melhor ou pior segundo as necessidades de cada um. Muitos Portugueses possuem já um seguro de saúde e o número está a aumentar, assim como o das Seguradoras que estão a entrar no mercado, com ofertas diferenciadas. De seguida deixo uma lista de conselhos básicos a ter em conta na altura de subscrever uma apólice desta natureza. 1. Escolha da modalidade Existem diversas modalidades de seguros de saúde: de reembolso, de assistência, ou mistos. Os de reembolso referem-se aos casos em que os clientes podem escolher livremente os serviços médicos a que querem recorrer. Neste caso, os segurados pagam e enviam depois os comprovativos de pagamento para a seguradora, que reembolsará o cliente numa determinada percentagem do valor gasto. Nos de assistência, a própria seguradora fornece uma rede de serviços médicos à qual os clientes poderão recorrer. Neste caso, o cliente paga apenas o co-pagamento, ficando o resto da factura a cargo da seguradora. A desvantagem deste tipo de apólice tem a ver com o facto de o cliente não ter a totalidade liberdade de escolha sobre onde quer ser atendido. A opção mista tenta conciliar o que de […]

     
  • Período de carência

    O período de carência é o tempo que decorre entre a data do início do contrato e a data em que as respectivas garantias podem ser accionadas. O contrato de seguro pode prever que uma ou mais coberturas não estejam “activas” desde o início do contrato, estabelecendo nas condições especiais ou particulares a duração do período de carência. Leia ainda mais em: atenção ao período de carência.