(Page 12)

  • Preciso de um seguro de saúde?

    Nunca como agora as seguradoras promoveram tanto os seguros de saúde, aproveitando os problemas do Sistema Nacional de Saúde. Com medo das listas de espera para cirurgias e das intermináveis horas de espera nas urgências dos hospitais públicos, milhares de Portugueses aderiram a este tipo de protecção. Contudo, nem todos precisam de seguro de saúde. Os jovens sem filhos, se já tiverem algum dinheiro de lado para enfrentarem uma emergência, provavelmente não precisam de pagar uma ou duas centenas de euros por ano para disporem de um seguro que provavelmente usarão poucas vezes. Além disso, embora o sistema de saúde não seja perfeito, ele funciona e é universal. Quando as famílias começam a crescer, a necessidade do seguro aumenta também. Felizmente as seguradoras fazem desconto de quantidade, normalmente em torno de 10% para famílias com filhos. Se o prémio é demasiado elevado para a sua situação familiar, porque não opta apenas pelas protecções que sabe que vai usar, com por exemplo, a estomatologia? Incluir vários membros do mesmo agregado familiar na mesma apólice é meio caminho andado para conseguir um desconto no prémio anual. A má notícia é que cada apólice só pode corresponder a um plano subscrito, o que […]

     
  • IRS e despesas de Saúde

    Uma parte das despesas de saúde que não é comparticipada pelas seguradoras pode ser deduzida em sede de IRS. Deverá assim guardar todas as facturas de pagamentos que efectua nas unidades convencionadas com a sua seguradora. A seguradora deverá enviar-lhe no inicio do ano o valor que não foi comparticipado nas despesas que realizou fora da rede e que enviou para a seguradora ao abrigo da modalidade de reembolso. Estas despesas podem assim ser deduzidas no somatório no IRS. Pode ainda deduzir no IRS 30% do prémio pago anualmente por seguros do ramo de doença, ou seja, pelo seguro de saúde ou pelo seguro de estomatologia. De acordo com a legislação que está em vigor, essa dedução apresenta um limite de 80 euros por pessoa, acrescidos de 41 euros por cada um dos dependentes. Artigo 82.º do Código do IRS. São dedutíveis à colecta 30% dos seguintes montantes: • Aquisição de bens e serviços directamente relacionados com despesas de saúde do sujeito passivo e do seu agregado familiar, que sejam isentas de IVA, ainda que haja renúncia à isenção, ou sujeitas à taxa reduzida de 5%; • Aquisição de bens e serviços directamente relacionados com despesas de saúde dos ascendentes […]

     
  • Conhecer Saúde

    O ConhecerSaude.com é um site criado com o intuito de transmitir informação e facilitar a compreensão de assuntos ligados a saúde ao público em geral. O site comporta uma variedade de temas ligados à saúde e links, com conteúdos actualizados diariamente. É objectivo do ConhecerSaude.com tornar os temas complexos e bastante específicos ligados às temáticas da saúde mais claros e acessíveis ao público em geral. No site os artigos estão separados por categorias, abrangendo artigos relacionados com todas as faixas etárias, assim como um glossário bastante interessante sobre os vários exames médicos, tais como Colonoscopia, Biópsia ou até a Flebografia. Outro dos pontos fortes do site é que tem sempre um artigo da semana em destaque e as imagens que acompanham os artigos são um excelente complemento para cada um dos artigos. Os artigos publicados no site são da autoria do conhecersaude.com e primam pelo rigor da informação transmitida.

     
  • Multicare alarga rede convencionada a Espanha

    A Multicare, seguradora de saúde do grupo Caixa Geral de depósitos, alargou a sua rede de hospitais convencionados e passou a disponibilizar aos seus clientes o acesso ao grupo espanhol de hospitais privados USP Hospitales. A notícia surge na sequência de um acordo celebrado entre a Multicare e o USP Hospitales, que prevê um compromisso de parceria entre as suas entidades e permitirá aos clientes da companhia portuguesa aceder a qualquer um dos 13 hospitais privados que o grupo espanhol detém em Madrid, Barcelona, Alicante, Marbella, Múrcia, Palma de Maiorca, Sevilha, Vitoria, Tenerife e La Corunã. Desta forma, a Multicare alarga a cobertura geográfica de sua rede convencionada e amplia a diversidade de serviços oferecidos. Além de hospitais, o grupo USP Hospitales detém ainda centros de pequena cirurgia, centros de diagnóstico e policlínicas. Recorde-se que as relações entre o grupo Caixa Geral de Depósitos e o USP Hospitales já haviam sido reforçadas em 2007, quando o grupo espanhol adquiriu 25% da Hopitais Privados de Portugal (HPP) e o grupo português comprou 10% do USP Hospitales.

     
  • Future Healthcare lança seguro de doenças graves

    A Future Healthcare, que ficou conhecida no mercado segurador após ter criado o cartão Dr. Saúde. Esta empres lançou agora um seguro de doenças graves, que suporta gastos médicos até ao limite anual de 1 milhão de euros por pessoa. O seguro de doenças graves da Future Healhcare integra o Plano Saúde Prime, que disponibiliza várias modalidades de cobertura. O novo seguro de doenças graves prevê a cobertura de despesas que geralmente implicam custos elevados e além dos gastos médicos estão também contempladas despesas com diagnósticos, viagens e estadias. No leque de doenças graves previsto pela Future Healthcare estão incluídos os tratamentos do cancro, a cirurgia cardíaca por “ by-pass” ou angioplastia, a neurocirurgia para remoção de tumores ou reparação de vasos sanguíneos intracranianos e ainda o transplante de órgãos vitais, como coração, pulmão, fígado, rim, pâncreas ou medula óssea. Também novidade na oferta da Future Healthcare é o facto de através do Plano de Saúde Prime. A Future Healthcare, S.A. é uma empresa privada de capitais portugueses que nasceu com a missão de “facilitar o acesso dos seus clientes a cuidados de saúde de elevada qualidade”. Pretendem ocupar um espaço importante no panorama dos serviços de saúde em Portugal […]