• Conheça os melhores seguros de saúde em Portugal

    O último estudo efectuado pela Associação Portuguesa para a Defesa dos Consumidores (DECO) revela que as seguradoras a actuarem em território nacional têm uma qualidade de apólice de saúde “mediana” e somente as inacessíveis monetariamente à maioria dos cidadãos lusos foi considerada como “acima da média”. Os dados preocupantes foram apurados por uma análise criteriosa a 77 propostas de seguros de saúde actualmente a serem comercializados em Portugal. Do total de casos examinados, apenas as soluções da Victoria e Europamut foram consideradas de “qualidade superior”, embora sejam ou demasiado caras – a primeira, com um custo anual de nove mil euros para um casal com 35 anos e um filho de cinco anos – ou destinadas exclusivamente à pessoa colectiva – a segunda, unicamente dirigida a sindicatos, associações ou empresas. Contudo, e embora bastante dispendiosas, ambas as apólices supra-referidas vão de encontro ao que a DECO desde sempre tem vindo afirmar que tornará os seguros de saúde justos e de qualidade: não elimina pessoas com doenças preexistentes, não impõe limite máximo de idade e não pode recusar renovação do contrato, excepto quando seja provada fraude efectuada pelo cliente. Como encontrar a melhor apólice? Antes de assinar qualquer acordo, aquela entidade […]

     
  • Queixas nos serviços privados de saúde

    São os serviços privados de saúde que mais descontamento geram junto dos clientes, segundo mostram as estatísticas da ERS. 92% das queixas que no ano passado chegaram à Entidade Reguladora da Saúde (ERS) foram dirigidas contra unidades de saúde privadas. Ao todo, em 2010, chegaram à ERS 8.188 queixas de utentes, mais 4,3% do que um ano antes. Os clientes reclamam sobretudo da qualidade dos serviços administrativos (2.040 situações), dos tempos de espera superiores a uma hora (1.800 casos) e da qualidade da assistência (1.229 casos). As questões financeiras motivaram 770 reclamãções. Jorge Simões, presidente da Entidade Reguladora, recorda que já foi emitida uma recomendação para que os privados informem os doentes, previamente, do preço dos actos médicos que vão praticar. A recomendação foi motivada pelo surgimento de diversas queixas sobre a ausência desta informação, e da facturas complementares que chegam posteriormente a casa dos doentes, apanhando-os de surpresa.

     
  • Seguro medicinas alternativas

    Actualmente já é possível ter um plano de saúde que inclui também as medicinas alternativas. A Multicare, a seguradora do Grupo Caixa Geral de Depósitos, acaba de lançar um novo seguro de saúde – o Plano Medicinas Integradas – onde para além da medicina tradicional também são abrangidos tratamentos e consultas de medicina não convencional. Entre os tratamentos que se pode usufruir, encontram-se a Acupunctura, homeopatia, osteopatia, quiropratica ou naturopatia. Para beneficiar desta gama de serviços prestados através deste produto da Multicare, poderá ficar por cerca de 15 euros por mês de prémio de seguro. Este é, na verdade, o primeiro seguro de saúde, a surgir no mercado português, que conjuga as duas vertentes da medicina, em condições acessíveis para a generalidade dos portugueses. A Victoria também tem um seguro que cobre tratamentos de medicinas alternativas, mas em condições muito distintas. Trata-se do Help Executive. Este sueguro, da Victoria reembolsa quase todas as despesas, sem limite e outras excluídas da maioria dos seguros, como tratamentos termais ou fisioterapia. Contudo, tem um preço que é incomportável para o cliente comum.

     
  • Seguro de Estomatologia

    Actualmente, não é necessário subscrever uma apólice de seguro de saúde tradicional para poder beneficiar de cobertura para estomatologia. A generalidade das seguradoras disponibiliza também apólices de seguros exclusivamente para estomatologia. Entre as várias valências médicas, a estomatologia é com certeza uma das mais importantes nas despesas dos portugueses. Como no dentista acabam por ficar uma substancial quota parte das despesas médicas das famílias portuguesas, as companhias de seguros têm vindo a comercializar planos dentários completamente independentes dos tradicionais seguros de saúde. Estas apólices funcionam apenas em regime de rede convencionada. Os preços variam entre os 5 e os 7,5 euros mensais e as apólices têm duração anual. As pessoas cobertas por este tipo de seguros podem, então, dirigir-se a uma clínica integrante da rede convencionada com a seguradora e beneficiar de cuidados de saúde dentária a preços previamente acordados. No acto de subscrição da apólice, a seguradora fornece ao segurado a tabela de preços convencionada com todas as clínicas integrantes da sua rede. Bastará apresentar o cartão da seguradora na clínica e beneficiar de imediato do desconto convencionado. O seguro de estomatologia não está sujeito a períodos de carência, podendo ser usado imediatamente após a subscrição, e também não […]

     
  • Corpo perfeito

    Quem não gostaria de ter um corpo perfeito? Quem não gostaria de ter uns abdominais perfeitos? Muitas pessoas pensam que é muito difícil chegar a um corpo perfeito e muito mais difícil perder uns quilos. Se precisa de boa informação de como pode emagrecer agora sem gastar dinheiro aconselhamos a leitura atenta do site www.emagreceragora.com. Este site conta já com alguns artigos que podem-lhe ser muito útil e pode-lhe ajudar a emagrecer. Não se esqueça que o que interessa é a força de vontade pois hoje em dia qualquer pessoa consegue ter um corpo saudável e não precisará de passar ”fome”. Vamos aprender a emagrecer, sejam quais for os seus bloqueios pessoais, o peso a mais e a gordura no corpo não é para si. Está na altura de se sentir elegante e com um corpo invejável. O maior conselho que se pode dar é comer mais vezes ao dia e em menor quantidade e não correr o erro de comer antes de ir para a cama. Além disto tudo, cada vez mais, os portugueses cometem vários erros na alimentação como por exemplo: comer mais carne que peixe, comer mais arroz e massas do que verdura e saladas, entre muitos […]